O Desagrado de Deus Com os Sacerdotes

O Desagrado de Deus Com os Sacerdotes – Medite

Primeiramente leia essa trecho do profeta Malaquias! Vejas nas palavras descritas a indignação de Deus para com os sacerdotes.

Peso da palavra do SENHOR contra Israel, por intermédio de Malaquias.
Eu vos tenho amado, diz o Senhor. Mas vós dizeis: Em que nos tens amado? Não era Esaú irmão de Jacó? disse o Senhor; todavia amei a Jacó.
E odiei a Esaú; e fiz dos seus montes uma desolação, e dei a sua herança aos chacais do deserto.
Ainda que Edom diga: Empobrecidos estamos, porém tornaremos a edificar os lugares desolados; assim diz o Senhor dos Exércitos: Eles edificarão, e eu destruirei; e lhes chamarão: Termo de impiedade, e povo contra quem o Senhor está irado para sempre.
E os vossos olhos o verão, e direis: O Senhor seja engrandecido além dos termos de Israel.
O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o meu temor? diz o SENHOR dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que desprezais o meu nome. E vós dizeis: Em que nós temos desprezado o teu nome?
Ofereceis sobre o meu altar pão imundo, e dizeis: Em que te havemos profanado? Nisto que dizeis: A mesa do Senhor é desprezível.
Porque, quando ofereceis animal cego para o sacrifício, isso não é mau? E quando ofereceis o coxo ou enfermo, isso não é mau? Ora apresenta-o ao teu governador; porventura terá ele agrado em ti? ou aceitará ele a tua pessoa? diz o Senhor dos Exércitos.
Agora, pois, eu suplico, pedi a Deus, que ele seja misericordioso conosco; isto veio das vossas mãos; aceitará ele a vossa pessoa? diz o Senhor dos Exércitos.
Quem há também entre vós que feche as portas por nada, e não acenda debalde o fogo do meu altar? Eu não tenho prazer em vós, diz o Senhor dos Exércitos, nem aceitarei oferta da vossa mão.
Mas desde o nascente do sol até ao poente é grande entre os gentios o meu nome. E em todo o lugar se oferecerá ao meu nome incenso, e uma oferta pura; porque o meu nome é grande entre os gentios, diz o Senhor dos Exércitos.
Malaquias 1:1-11

Malaquias foi o ultimo profeta do Antigo Testamento. No capítulo primeiro vemos como os sacerdotes estavam agindo de forma má aos olhos do Senhor. Esses sacerdotes foram repreendidos pelo fato de não darem a Deus a honra devida.

O Sacrifício Deveria Ser de Acordo com a Lei

Os animais para o sacrifício deveriam ser:

  • Puros
  • Sem mancha
  • Perfeitos Fisicamente

    Todavia eles estavam fazendo totalmente ao contrário, pois estavam oferecendo para Deus animais cegos, mancos e aleijados. Então Deus contempla a atitude de tais sacerdotes e não se agrada dos mesmos.

Deus faz uma comparação e diz que se aqueles sacerdotes desse tais sacrifícios para outros, os tais não receberiam. Deus estava dizendo que se homens não receberiam que dirá Ele que é Senhor.

Deus Cobra Honra aos Sacerdotes

Assim como o filho honra o pai, os sacerdotes  deveriam honrar a Deus. O povo de Deus deveria teme-lo, assim com um servo tem temor de seu Senhor, temor este no sentido de reverenciar. Deus amava o seu povo, porém os líderes que deveriam ser exemplos ofereciam pão imundo a mesa de Deus.

Deus escolheu o povo de Israel, para que tal povo o servisse de coração. Abraão recebeu a promessa que de sua descendência haveria um povo numeroso. Todas as famílias da terra seriam abençoadas. Entretanto vemos nesse quadro Malaquias falando de um povo ímpio e rebelde ao seu Deus. Deus não irá deixar de ser glorificado caso os homens não queiram faze-lo. Todavia a rebeldia daqueles líderes traria consequências.

O Desagrado de Deus Com os Sacerdotes

Os lideres estavam sendo repreendidos porém não aceitavam a repreensão do Senhor. E quem são os sacerdotes de Deus hoje? São os líderes nas igrejas? Não! Todos nós hoje somos sacerdotes de Deus. Então hoje não oferecemos animais como o os líderes de Israel, porém também temos nossos deveres. Portanto hoje devemos nos colocar como verdadeiros adoradores perante o Senhor. Deus procura verdadeiros adoradores.

Deus deseja que confiemos nele, e andemos conforme a sua palavra. As Santas escrituras estão a nossa disposição para que nela meditemos e as coloquemos em prática. Todavia se cairmos devemos nos arrepender e se voltar para Deus.

Pense nisso, compartilhe este assunto com seus irmãos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *