A Aflição de Ana e a Exaltação de Deus

A aflição de ana e a exaltação de Deus – Deus fez mãe a uma mulher estéril

Aqui contém uma historia emocionante de uma mulher chamada Ana, cujo marido a amava, porém ela era estéril! O nome de seu marido era Elcana, e este dia duas mulheres que era a Ana e uma outra chamada Penina que era concubina.

Havia certo homem de Ramataim, zufita, dos montes de Efraim, chamado Elcana, filho de Jeroão, neto de Eliú e bisneto de Toú, filho do efraimita Zufe.
Ele tinha duas mulheres; uma se chamava Ana, e a outra Penina. Penina tinha filhos, Ana, porém, não tinha.
Todos os anos esse homem subia de sua cidade a Siló para adorar e sacrificar ao Senhor dos Exércitos. Lá, Hofni e Finéias, os dois filhos de Eli, eram sacerdotes do Senhor.

Elcana Dava o Melhor Para Aana

No dia em que Elcana oferecia sacrifícios, dava porções à sua mulher Penina e a todos os filhos e filhas dela.
Mas a Ana dava uma porção dupla, porque a amava, mesmo que o Senhor a houvesse deixado estéril.
E porque o Senhor a tinha deixado estéril, sua rival a provocava continuamente, a fim de irritá-la.
Isso acontecia ano após ano. Sempre que Ana subia à casa do Senhor, sua rival a provocava e ela chorava e não comia.

O próprio Deus havia deixado Ana estéril, o texto não deixa claro o por que, todavia seu marido Elcana a amava. E nos sacrifício segundo o costume deles os melhores alimentos eram sempre para Ana. Todavia aquilo não deixa a Ana feliz. Então Penina certamente tinha inveja de Ana devido ao tratamento diferente, e zombava de Ana por ela ser estéril.

Elcana se Preocupava com Ana

Elcana, seu marido, lhe perguntava: “Ana, por que você está chorando? Por que não come? Por que está triste? Será que eu não sou melhor para você do que dez filhos? ”
Certa vez quando terminou de comer e beber em Siló, estando o sacerdote Eli sentado numa cadeira junto à entrada do santuário do Senhor, Ana se levantou
e, com a alma amargurada, chorou muito e orou ao Senhor.

Certamente Ana amava seu marido Elcana, mas isso não a consolava, pois ela tinha o sonho de ser mãe. Além disso ela também era muito humilhada. Todavia Ana não sabia que Deus tinha planos para ela.

Ana Ora a Deus e lhe Pede um Filho

E fez um voto, dizendo: “Ó Senhor dos Exércitos, se tu deres atenção à humilhação de tua serva, te lembrares de mim e não te esqueceres de tua serva, mas lhe deres um filho, então eu o dedicarei ao Senhor por todos os dias de sua vida, e o seu cabelo e a sua barba nunca serão cortados”.

Ana ora e faz um voto com Deus, e quem sabe não era isso que Deus esperava dela? Será que se Ana tivesse filhos normalmente ela os dedicaria ao Senhor? Toda a confiança de Ana se voltou para Deus, e esse é um dos grandes passos para a manifestação do poder de Deus no seu devido tempo

Eli Pensou Que Ana Estava Bêbada

Enquanto ela continuava a orar diante do Senhor, Eli observava sua boca.
Como Ana orava silenciosamente, seus lábios se mexiam mas não se ouvia sua voz. Então Eli pensou que ela estivesse embriagada
e lhe disse: “Até quando você continuará embriagada? Abandone o vinho! ”
Ana respondeu: “Não se trata disso, meu senhor. Sou uma mulher muito angustiada. Não bebi vinho nem bebida fermentada; eu estava derramando minha alma diante do Senhor.
Não julgues tua serva uma mulher vadia; estou orando aqui até agora por causa de minha grande angústia e tristeza”.

Ana então pede para que Eli não a julgue, pois ela apenas estava chorando diante de Deus! Assim acontece muitas vezes hoje, pois as pessoas que estão de fora não compreende o sofrimento alheio. Então você pode estar passando por um momento difícil na vida, porém nem todos vão compreender e vão até julgar de forma equivocada. Todavia o seu coração deve estar totalmente voltado para Deus e confiar de todo o coração!

Eli Entende a Ana e Profetiza a Benção na Vida Dela

Eli respondeu: “Vá em paz, e que o Deus de Israel lhe conceda o que você pediu”.
Ela disse: “Espero que sejas benevolente para com tua serva! ” Então ela seguiu seu caminho, comeu, e seu rosto já não estava mais abatido.

Certamente as palavras de Elcana confortou o coração de Ana e depois dela ter se derramado perante Deus um raio de esperança parece brotar em seu coração. Ela disse para Elcana, assim espero que Deus seja benevolente para comigo.

A Aflição de Ana e a Exaltação de Deus – Ana Gera um Filho

Na manhã seguinte, eles se levantaram e adoraram ao Senhor; então voltaram para casa, em Ramá. Elcana teve relações com sua mulher Ana, e o Senhor se lembrou dela.
Assim Ana engravidou e, no devido tempo, deu à luz um filho. E deu-lhe o nome de Samuel, dizendo: “Eu o pedi ao Senhor”.
1 Samuel 1:1-20

Imagine a Alegria de Ana! A mulher estéril que foi surpreendida e agora esta prestes a abraçar seu filho. O tempo passou e Nasce o menino e Ana o chama de Samuel, e o nome Samuel significa “Deus ouve”.

Deus ainda ouve a oração de seus filhos, o que era impossível aos homens Deus tornou possível. Creia no poder de Deus, pois ele se manifesta ainda hoje a favor de seus filhos! Muitas vezes queremos algo, porém Deus tem algo muito melhor que vai além das nossas expectativas. Creia!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *