Devo namorar com um incrédulo?

Devo namorar com um incrédulo? | Águas Diante do Trono

Hoje muitos jovens ainda questionam sobre este assunto, ainda mais quando já se esta envolvido sentimentalmente, muitos até “profetizam” que aquele namorado (a), irá se converter e pedem oração para que isto aconteça!
Mas e ai? Um cristão deve namorar com um incrédulo?

Devo namorar com um incrédulo | O que as escrituras diz sobre isso?

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?
E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?
E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
2 Coríntios 6:14-16

Muitos usam esse texto, para se referir a sociedades em relação a negócios que os coríntios estavam se intrometendo, porém podemos usar perfeitamente o termo par se referir a uma intimidade com os descrentes, seja em negócios ou qualquer outro relacionamento com os mesmos que seja necessário ter intimidade.

Qual seria o problema em namorar com um incrédulo?

É bom lembrar que não se esta falando aqui da personalidade da pessoa em si, tem muita gente incrédula que não segue a fé em Cristo, mas que são pessoas honestas e responsáveis, porém vamos explicar de forma prática algumas consequências do namoro com o incrédulo! Levando em conta que este namoro poderá prosseguir até um noivado e casamento.

1. Não curte as mesmas coisas
2. Muitas vezes o cristão terá que caminhar sozinho
3. O cristão estará sujeito a ouvir coisas desagradáveis
4. Os princípios são diferentes
5. Poderão acontecer muitas restrições por parte do descrente

Agora vamos falar de cada assunto separadamente

1 Não curte as mesmas coisas

Uma vez que uma crente em Jesus namora um descrente, ele precisa entender que o mesmo não curte as mesmas coisas, como por exemplo, existe um evento muito bom que acontece nas igrejas, que são os chamados encontro de casais.
Muitos casais que passam problemas saem desses eventos com a mente mais aberta e prontos para prosseguirem, independente dos desafios.

Se tiver um evento desse aonde você congrega, provavelmente ele não irá querer participar, não que o descrente faça isso por ser ruim, mas é pelo fato dele não curtir as mesmas coisas que você curte, muitos lugares legais onde os irmãos se reúnem para confraternização, o descrente poderá evitar de ir, pelo fato de não se sentir a vontade no meio dos crentes.

É importante pensar nisso, pois querendo ou não uma hora acaba trazendo muitos conflitos.

2 Muitas vezes o cristão terá que caminhar sozinho

Justamente pelo motivo citado acima, o crente irá muitas vezes caminhar sozinho, pense comigo, se isso em muitos momentos não será ruim para você?

É muito bom quando a família caminha junto para se reunir com os irmãos, pense também que vocês terão filhos, e na tarefa de ensinar os caminhos do Senhor para os seus filhos você também estará sozinho nisso.

Costumamos dizer que a caminhada é simplesmente o fato de ir a igreja, quando na verdade a caminhada é diária e envolve muita coisa, mas pelo fato do descrente não entender o que é isso, muitas vezes, se não todas, você estará só nesta caminhada, não só no fato de ir a igreja, como também em muitas tarefas relativas a família.

3 O cristão estará sujeito a ouvir coisas desagradáveis

Não só para os crentes como para muitos descrentes mas que são decentes, ficar ouvindo palavrões é algo um tanto constrangedor, sem moralismo, mas é uma realidade.
Imagine em uma discussão com seu cônjuge ou o seu namorado ou noivo, em um momento de irritação ele começar a te xingar, certamente você irá ficar chateado (a), e você não poderá xingar também, afinal de contas você deve dar o seu testemunho, já pensou nisso?

4 Os princípios são diferentes

Quando se fala de princípios devemos pensar nisso com muita seriedade, pois o que são princípios?
Os princípios são um conjunto de normas ou padrões de conduta a serem seguidos por uma pessoa ou instituição.
Ou seja uma pessoa é regida por seus princípios, em todas ás áreas da vida.

Um exemplo prático é que quando o cristão esta sendo tentado a errar, eles tem seus princípios morais e éticos baseados nas escrituras, e que ele deve praticar tais coisas, não estou dizendo que o crente não erre, porém irá lutar para não pecar conforme orienta as escrituras.

Diferente do incrédulo, quebrar princípios ainda que seja errado, não terá muito peso pra ele, pois a forma de pensar e enxergar os erros são diferentes.

Por exemplo, digamos que um dos cônjuges ficou doente, e não pode ter relações sexuais por decorrência disso, o cristão irá procurar manter-se fiel mesmo diante dessa dificuldade, enquanto o incrédulo muitas vezes não irá pensar assim, uma vez que o mesmo é escravo do pecado, e poderá ceder muitas vezes para suprir tal necessidade.

5 Poderão acontecer muitas restrições por parte do descrente

Aqui muitas discórdias poderão ocorrer, como por exemplo, acontece em muitas denominações que as pessoas são postas em algumas responsabilidades na igreja, como por exemplo, a liderança de um grupo de jovens, ou irmãs, ou grupo de homens, etc.

Além da sua frequência na igreja, você terá que participar de ensaios, reuniões dentre outras coisas relacionadas a sua responsabilidade, o namorado, ou noivo ou cônjuge, começará a cobrar, no namoro e noivado ele poderá não dizer muita coisa, mas se casar as cobranças serão maiores, e você terá muitas vezes que aceitar sem questionar.

Muitas vezes irá dizer que você só quer saber de igreja, irá exigir mais da sua atenção, afinal o mesmo tem direito, e muitas vezes não por maldade, porém infelizmente em muitos casos existem muitas discussões por decorrência disso, trazendo desgaste para o relacionamento.

Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?
Amós 3:3

Pense nisso, comente este assunto, e compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *